Outono Vivo já é uma referência no panorama dos festivais literários de Portugal

O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, diz que o Outono Vivo “já é uma referência no panorama dos festivais literários que se realizam em Portugal”, manifestando orgulho pela organização “da festa da cultura, do livro, da literatura e da promoção dos hábitos de leitura”.Todavia, referiu, “por melhor que fosse a organização e por maior que pudesse ser o orçamento nada disto seria possível sem a atitude positiva e a disponibilidade de todos os autores e de todos os artistas que participam e expõem aqui os seus trabalhos”, reconheceu o edil, endereçando também um agradecimento especial à Papelaria 96, parceiro comercial do Município na montagem da feira do livro, “pois este é um trabalho hoje reconhecido e que nos permite chegar junto de nomes maiores da escrita em Portugal e ter os contactos com as editores que colocam aqui os livros mais vendidos do ano e os seus autores”. 

 Breves notas sobre a origem e evolução das Festas da Praia

Na segunda metade da década de 1970 vivia-se o período pós revolucionário do 25 de Abril.
Por isso, o clima social era de grandes mudanças e cheio de incertezas, tendo contribuído para um decréscimo na participação e qualidade das Sanjoaninas, que se realizavam bienalmente em Angra do Heroísmo (nos anos ímpar).
Tendo consciência desta situação, a organização das Sanjoaninas desafiou a Praia da Vitória a Planear o evento nos anos pares, numa tentativa de o revitalizar.
O povo da Praia, com o orgulho de uma vila mais pequena, de imediato nomeou uma direção para revigorar as Sanjoaninas. A entrega dos praienses foi de tal ordem que, para além de revivificar as festas, criou o melhor dia que ainda hoje têm, o dia das Marchas de S. João.
As Sanjoaninas realizaram-se na Praia da Vitória até 1989, ano em que se celebraram nas duas cidades em simultâneo, por deliberação da Câmara de Angra do Heroísmo.
Perante esta situação, a Câmara da Praia da Vitória decide, em 1991, realizar - bianualmente e em agosto - as atuais Festas da Praia, com o propósito de criar um modelo próprio, que não coincidisse com as festividades de Angra.
Em 1993 as touradas de praça deixam de ser realizadas, só sendo retomadas em 2007, com a organização do Grupo de Forcados do Ramo Grande.
Em 1999 é organizada a primeira Feira de Gastronomia. A experiência foi bem-sucedida e, tendo sido aperfeiçoada ao longo dos anos, tornou-se num dos pilares das festas.
Com a intenção de melhorar as condições dos espetáculos e introduzir um espaço de música eletrónica é criada, em 2005, a DreamZone, hoje chamada Blue Music Resort.
Uma atração para a juventude e para os amantes do espetáculo musical, o espaço é outro dos pontos-chave das festas.
Posteriormente, foi introduzido o formato de espetáculos pagos para todos os eventos celebrados no recinto, de forma a contribuir para a sustentabilidade das Festas da Praia.
Em 2013 as Festas da Praia passam a ser organizadas pela Cooperativa Praia Cultural e são nomeados coordenadores para os diferentes sectores.
A coordenação da Feira de Gastronomia continua a cargo da Fundação do Ensino Profissional da Praia da Vitória.

.

Festas da Praia da Vitória 2020

  • Este ano não há Festas

    Embora boa parte do programa deste ano estivesse em marcha, a pandemia do Covid 19 veio a ser determinante no cancelamento das Festas.

  •  

    Devido às determinações e regras impostas pela Direção Regional de Saúde o Executivo Camarário, viu-se obrigado a cancelar o evento de 2020. Por altura das datas em que a festa teria lugar a autarquia está a preparar um programa de eventos do qual dará conhecimento público oportunamente.

  •  

    Por isso, apenas em 2021, voltaremos a ter as Festas que são um enorme cartaz turístico quer para a Praia da Vitória em particular, quer para a Terceira em geral.

Últimas Notícias

Outono Vivo 2020

Outono Vivo 2020

01 outubro 2020

Como já foi anunciado anteriormente, já foi confirmada a data para a edição deste ano do Outono Vivo.

Ver mais ...
Outono Vivo 2020? Talvez, mas com regras e com a “prata da casa”

Outono Vivo 2020? Talvez, mas com regras e com a “prata da casa”

11 setembro 2020

Tibério Dinis, Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, quando confrontado com a pergunta revela algumas cautelas com a resposta.

Ver mais ...
Outono Vivo 2020

Outono Vivo 2020

27 julho 2020

Realizável, embora em dimensão ajustada à realidade

Ver mais ...
Programa Cultural - Festas 2020

Programa Cultural - Festas 2020

27 julho 2020

Durante os dias em que as festas teriam lugar haverá um programa cultural

Ver mais ...